O Leão Apaixonado

Certa vez um leão se apaixonou pela filha de um lenhador e foi pedir a mão dela em casamento. O lenhador não ficou muito animado com a idéia de ver a filha com um marido perigoso daquele e disse ao leão que era uma honra, mas muito obrigado, não queria. O leão se irritou; sentindo o perigo, o homem foi esperto e fingiu concordava:
_É uma honra, meu senhor. Mas que dentões o senhor tem! Que garras compridas! Qualquer moça ia ficar com medo. Se o senhor quer casar com minha filha, vai ter que arrancar os dentes e cortar as garras.
O leão apaixonado foi correndo fazer o que o outro tinha mandado; depois voltou à casa do pai da moça e repetiu seu pedido de casamento. Mas o lenhador, que já não sentia medo daquele leão manso e desarmado, pegou um pau e tocou o leão para fora de casa.











Moral da história:
Quem perde a cabeça por amor, sempre acaba mal.


Esopo

3 comentários:

Joyce Kelly disse...

Aline, tem selinho para você em meu blog. Passa lá para pegá-lo.

Abraço!

Will Monteiro disse...

Ameii a moral da historia... Totalmente real: SEMPRE acaba mal =S
=*

Rodolfo disse...

Adorei a história...realmente quando ficamos cego por amor e passamos a viver em função do outro a luz que existe dentro de cada um vai se apagando lentamente e o que existia de melhor em nós pode deixar de existir.